Publicado em 17/08/2016 às 06:00 PM

Saiba quais são as 8 cidades dos EUA que pagam para você morar nelas

Esta lista feita pelo site Saving Break elenca oito cidades dos Estados Unidos

Harmony, Minnesota, tem menos de dois mil habitantes Harmony, Minnesota, tem menos de dois mil habitantes

Se você estiver procurando uma oportunidade para mudar de vida e ainda ter um dinheiro extra, existem cidades que podem te ajudar. Alguns municípios oferecem incentivos financeiros para que você mude e construa uma vida por lá.

Não são locais no meio do deserto ou propensos a algum perigo, como você deve estar pensando. Muito pelo contrário, muitas vezes eles são bem localizados.

Esta lista feita pelo site Saving Break elenca oito cidades dos Estados Unidos que, por passarem por uma escassez populacionais, têm esses benefícios. Confira:

Harmony, Minnesota

Em 2010, o censo calculou que apenas 1.020 pessoas viviam nessa cidade. Já em 2013, esse número foi ainda menor: havia apenas 1.007 moradores em Harmony.

Esta pequena cidade no sudeste do estado norte-americano decidiu então atrair moradores para a região e para isso a cidade investiu no "Harmony Economic Development Authority", um programa de construção de casas com desconto.

Quem se mudar para a cidade e construir uma casa pode receber até US$ 12 mil de volta. Esse valor pode mudar dependendo do tamanho e do custo para construir a propriedade.

Municípios de Cumberland e York, Maine

O estado de Maine, nos Estados Unidos, tem um programa de reembolso para as empresas que criam novos postos de trabalho em cidades específicas desses dois municípios.

Já existem mais de 280 empregadores que participam do programa e os benefícios podem durar até 10 anos. Saiba mais aqui.

Detroit, Michigan

Depois de Detroit passar por uma crise econômica, foi montado um programa de incentivos para trazer pessoas para morar e trabalhar no município.

Chamado "Detroit Live Downtown", o programa funciona desde 2011 e oferece até US$ 20 mil em empréstimos para a compra de uma casa caso o imigrante trabalhe em alguma empresa participante.

Os novos inquilinos ganham um subsídio de US$ 2,5 mil no primeiro ano na cidade e depois de US$ 1 mil no segundo ano.

Niagara Falls, Nova York

A cidade de Niagara é bem conhecida como destino turístico, mas poucos sabem das vantagens de se morar lá. O território em si é pequeno, com menos de 50.000 habitantes.

Para atrair novos moradores e estudantes, a cidade lançou um programa, chamado "LiveNF" que reembolsa até US$ 3,4 mil os novos moradores que ficarem na cidade durante seus anos de estudo.

Chattanooga, Tennessee

Nessa cidade a proposta é um pouco diferente. Se você é um amante da tecnologia, pode ser uma boa oportunidade de trabalho.

A cidade criou o programa "GeekMove", que incentiva e oferece assistência financeira para os desenvolvedores de computadores que querem mudar de vida e aproveitar as políticas não-fiscais do Tennessee.

Curtis, Nebraska

Popularmente conhecido pelo golfe, o município criou um programa chamado "Arrowhead Meadows Free Lots" pensando no déficit populacional. Nele, lotes de terrenos serão doados - sim, de graça - a quem desejar construir uma residência próxima ao principal campo de golfe da cidade, o Arrowhead Meadows.

Alasca

Se você estiver disposto a viver durante pelo menos 190 dias por ano no Alasca, é possível tirar proveito da riqueza que o estado proporciona.

O estado, pertencente aos Estados Unidos, paga para a quem ficar lá por pelo menos um ano, em uma ação do governo para atrair moradores para a região. Entenda sobre o programa aqui.

Kansas

O estado oferece uma série de benefícios em vários municípios. Dos 103 territórios disponíveis, 70 dão algum tipo de incentivo aos moradores nas chamadas áreas rurais.

O programa se chama "Kansas Rural Opporunity Zone" e oferece dois atrativos principais: a isenção do imposto de renda por cinco anos e, para os jovens, até US$ 15 mil em empréstimos estudantis para graduação.

Fonte: Da redao