Publicado em 28/12/2016 às 08:00 PM

Criança brasileira com doença rara faz segunda cirurgia e se recupera bem

A primeira cirurgia, para a retirada do tumor de mais de 2 quilos, aconteceu dia 20. A segunda cirurgia teve que ser feita às pressas dia 26

Caroline e a filha Melyssa antes da primeira cirurgia: tumor pesava mais de dois quilos Caroline e a filha Melyssa antes da primeira cirurgia: tumor pesava mais de dois quilos

Semana passada relatamos a vitória da pequena Melyssa Delgado Braga, que com apenas 5 anos de idade teve que enfrentar uma cirurgia de grande porte que durou cerca de 10 horas, para a retirada de um tumor gigante que estava localizado no rosto de Melyssa. O tumor que foi retirado pesava mais de 2 quilos e meio e estava entre a mandíbula e o pescoço da criança.

Mel, como é carinhosamente chamada pela família e amigos, é filha do casal de brasileiros Caroline e Manassés, mora com os pais e o irmãozinho caçula em Guarulhos (grande São Paulo). Há mais de três anos ela foi diagnosticada com uma doença muito rara chamada fibroma desmóide, que fez com que um tumor na face crescesse de forma desenfreada. Os pais, desesperados, buscaram todas as formas de auxílio médico no Brasil, mas não conseguiram a cirurgia.

A cirurgia só foi possível após uma equipe médica americana (que soube da repercussão do caso no Brasil e que tinha entre sua equipe médica um brasileiro), entrar em contato e oferecer a operação gratuitamente. Começava então uma luta para a família, de origem humilde, conseguir arrecadar dinheiro para que pudessem vir para Louisiana (EUA). Após conseguirem o dinheiro através de uma campanha iniciada nas redes sociais, a família chegou recentemente aos EUA, e no último dia 20 a Melyssa pode fazer a cirurgia no hospital LSU Health Shreveport.

Semana passada o Brazilian Times conversou com Caroline, que relatou que o osso do queixo da filha precisou ser retirado junto com o tumor que pesava cerca de dois quilos e meio, e que os médicos colocaram uma placa de titânio no lugar. Ela ainda contou que a filha precisará passar por outras cirurgias no futuro para reconstruir a mandíbula e conseguir colocar um implante dentário.

Mel se recuperava bem, porém no dia 26, devido a uma hemorragia interna, ela precisou voltar para a mesa de cirurgia para ser operada novamente, dessa vez às pressas. Caroline enviou uma mensagem à redação do Brazilian Times para tranquilizar os leitores que acompanham o caso. “A Melyssa esta bem. O sangramento foi estancado... Foi só um susto. É nítido o cuidado de Deus. Deus é fiel!!”, comemora a mãe.

Para quem deseja acompanhar o caso e fazer doações, acesse a página criada no Facebook: “Ajudem a Melyssa”.

Fonte: Thas Partamian Victorello