Publicado em 03/01/2017 às 04:00 PM

Nova York ganha nova linha de metrô na Segunda Avenida

Nova York ganha nova linha de metrô na Segunda Avenida

Escada rolante na nova estação da 96th Street, na recém-inaugurada linha de metrô da Segunda Avenida, em Nova York - Yana Paskova / AFP  Escada rolante na nova estação da 96th Street, na recém-inaugurada linha de metrô da Segunda Avenida, em Nova York - Yana Paskova / AFP

Até em Nova York alguns projetos levam bem mais tempo do que planejado para poder sair do papel. Idealizada em 1929, a linha do metrô da Segunda Avenida só foi inaugurada em 1º de janeiro de 2017. A primeira fase da extensão da linha Q, que conecta o coração de Manhattan a Coney Island, no Brooklyn, começou a operar com três estações, nas ruas 72, 86 e 96.

O primeiro trem saiu da estação da 96th Steet logo após a virada do ano, nos primeiros minutos de 2017. Além das três novas estações, o ramal conta com uma conexão com a estação 63rd Street / Lexington Ave., que era a primeira da Linha Q em Manhattan.

Ainda sem prazo definido, a segunda fase do projeto irá inaugurar mais duas estações na Segunda Avenida, no sentido norte, na altura das ruas 106 e 116, no East Harlem, e uma conexão com a estação da 125th Street, das linhas 4, 5 e 6, no Harlem.

O principal objetivo da extensão da linha Q pela Segunda Avenida é diminuir o número de passageiros das sobrecarregadas linhas 4, 5 e 6, que passam sob a Lexington Avenue, a apenas dois quarteirões de distância.

Ainda que os maiores beneficiados sejam os moradores da cidade - sobretudo do Upper East Side - é possível dizer que a vida dos turistas também irá melhorar, já que encontrarão vagões mais vazios nas linhas 4, 5 e 6, bastante procuradas por quem quer visitar os museus da Quinda Avenida (como Metropolitan, Neue Gallery e El Museo del Barrio) e o lado leste do Central Park.

- Não é uma estação de metrô dos nossos avós - comentou o governador de Nova York, Andrew Cuomo, em referência aos antiquíssimos terminais dosubwaynovaiorquino. Ao contrário das demais, as estações da Segunda Avenida têm projeto moderno, com foco em limpeza, iluminação e acessibilidade. A decoração também chama a atenção, com painéis de artistas como o brasileiro Vik Muniz, reprensentando aspectos e personagens tipicamente novaiorquinos, como o cantor e compositor Lou Reed.

O projeto foi adiado pela primeira vez no mesmo ano em que foi proposto, em 1929, por causa da Grande Depressão. A crise econômica pela qual passou a cidade nos anos 1970 tirou os planos de pauta pela segunda vez. Só nos anos 2000 as obras começaram. E mesmo assim, a inauguração estava prevista para 2013.

Segundo o "The New York Times", autoridades de Nova York têm planos para estender a linha até Lower Manhattan. Mas, pelo histórico desse projeto, ninguém acredita que sairá do papel tão cedo.

Fonte: http://www.oparana.com.br/