Publicado em 12/02/2017 às 05:00 PM

Começou a caça aos indocumentados nos EUA

Começou a caça aos indocumentados nos EUA

Detenções de imigrantes ilegais desencadeiam medo de deportações maciças Detenções de imigrantes ilegais desencadeiam medo de deportações maciças

Ativistas e imigrantes nos Estados Unidos asseguram que centenas de imigrantes foram detidos entre quinta e sexta, e que o Governo Trump começou a cumprir as suas ameaças de aumentar as detenções e deportações maciças de ilegais.

De costa a costa, os relatos sobre agentes do Serviço de Imigração e Fronteiras (ICE) a efetuar detenções entupiram as linhas de ajuda de organizações e as redes sociais.

No entanto, as autoridades federais negam que tenha havido aumento de operacionais e classificaram as detenções como ações de rotina.

"Há 30 anos que trabalhamos com a comunidade e podemos dizer, pela nossa experiência, que ontem (quinta-feira) não foi um dia normal, e isto parece uma operação coordenada", disse Angélica Salas, diretora da Coligação pelos Direitos Humanos dos Imigrantes de Los Angeles (Chirla), citada pela agência de notícias espanhola Efe.

Por sua vez, o grupo United We Dream assegurou que, nas últimas 24 horas, "centenas de imigrantes" foram detidos em rusgas.

Na área metropolitana de Los Angeles, Califórnia, terão ocorrido cerca de 130 detenções, embora os ativistas não tenham ainda conseguido confirmar o número.

A estas operações não escaparam sequer imigrantes sem cadastro e residentes há décadas nos Estados Unidos, como o mexicano Manuel Mosqueda, no país desde os anos 1980, que foi detido na quinta-feira, para desespero da família.

Kevin De León, presidente interino do Senado da Califórnia, juntou-se a outros representantes estaduais e federais para exigir às autoridades mais informação sobre as pessoas detidas, para garantir que têm acesso a representação legal e que é respeitado o seu direito a um processo justo.

"Estou muito preocupado com o bem-estar da nossa classe trabalhadora, mas também estou muito indignado com este Presidente e as suas políticas que vão contra o espírito deste grande país", disse à Efe o político democrata.

Do outro lado do país, na Carolina do Norte, pelo menos 20 imigrantes ilegais foram detidos nos últimos dias em várias operações em Charlotte.

O congressista democrata do Illinois Luis Gutiérrez lamentou que Trump queira fazer uma demonstração de autoridade expulsando "um grande número de imigrantes" e criticou a ausência da "necessária supervisão" e "processo justo" nestes casos.

Contudo, as autoridades migratórias dos estados da Califórnia, Geórgia e Carolina do Norte garantem que as ações dos seus agentes são rotineiras.

Fonte: Brazilian Times