Publicado em 07/03/2017 às 04:00 PM

Torcedores fazem abaixo-assinado para que Bangu não contrate Bruno

Vários grupos começaram a se formar contra o atleta desde que o advogado do jogador anunciou que Bruno estava prestes a voltar aos gramados

Torcedores do Bangu Atlético Clube criaram um abaixo-assinado contra a possibilidade de contratação do ex-goleiro Bruno, condenado pelo assassinato de Eliza Samudio.

Segundo informações do G1, vários grupos começaram a se formar contra o atleta desde que o advogado do jogador anunciou que Bruno estava prestes a voltar aos gramados.

“Agora já são mais de 12 (clubes). Não posso dizer quais para não atrapalhar a negociação. Mas ainda neste semestre Bruno estará de volta ao futebol”, afirmou Lúcio Adolfo ao G1 na última sexta-feira.

De acordo com a publicação, Bruno foi beneficiado por um habeas corpus concedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e aguarda o julgamento dos recursos em liberdade.

No abaixo-assinado, os torcedores dizem ser um absurdo contratar um "assassino condenado pela morte, com requintes de crueldade e frieza, de sua ex?namorada e mãe do seu filho”.

Lançado na sexta-feira (3), o documento virtual estava assinado por 226 pessoas até a manhã desta segunda-feira (6).

O ex-jogador do Flamengo foi condenado pela Justiça de Minas, em março de 2013, a 17 anos e 6 meses em regime fechado por homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, asfixia e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima), a outros 3 anos e 3 meses em regime aberto por sequestro e cárcere privado e ainda a mais 1 ano e 6 meses por ocultação de cadáver. A pena foi aumentada porque o goleiro foi considerado o mandante do crime, e reduzida pela confissão do jogador.

Fonte: www.noticiasaominuto.com.br