Publicado em 08/03/2017 às 04:00 PM

Missionária faz campanha para cirurgia de criança com câncer

Cuidando de mais de 120 crianças na República Dominicana, brasileira faz campanha para criança que precisa remover um tumor da cabeça.

A missionária brasileira Lindonesia Coelho juntamente com algumas crianças que participam de projeto social na República Dominicana A missionária brasileira Lindonesia Coelho juntamente com algumas crianças que participam de projeto social na República Dominicana

Há quase dois anos os missionários brasileiros Lindonesia Coelho e Vicente Coelho, deixaram o conforto de sua casa em Orlando (Florida) para se dedicarem as crianças carentes da República Dominicana, atuando em ministério cristão interdenominacional, cuidando de crianças carentes, em uma área de extrema pobreza em San Pedro de Macorísfaz. Eles ajudam mais de 120 crianças e contam com o auxílio de cerca de 30 voluntários, sendo 20 na República Dominicana e 10 em Orlando.

Trabalhando com poucos recursos, a missionária faz um apelo à comunidade brasileira residente na Florida, para que participem da campanha social em prol de uma criança dominicana que foi diagnosticada com câncer de pele, mas que precisa fazer uma cirurgia para a retirada de um tumor localizado na cabeça. “Não importa o valor que você pode ofertar... Tenha certeza que Deus te honrará, pois a necessidade dessa criança é grande... Desde já, agradecemos”, afirma.

Dentre as diversas atividades oferecidas as crianças estão: a contribuição para a formação de cidadania, possibilitando a construção de competência humana, envolvendo sociabilidade e aptidões, incentivando também o debate, a socialização e o desenvolvimento no que diz respeito à vida espiritual. O projeto ainda ajuda grávidas com enxovais e palestras de conscientização, além de distribuírem cestas básicas para idosos doentes e sem familiares.

Para conhecer mais do projeto e fazer sua doação para a campanha da criança que precisa fazer a cirurgia para a retirada do tumor, entre em contato através do telefone: (407) 352 0146 ou pelo e-mail: [email protected]

Fonte: Thas Partamian Victorello