Publicado em 16/03/2017 às 07:00 AM

Juiz do Havaí suspende nova proposta de Trump para a imigração

Medida deveria entrar em vigor nesta quinta-feira

Um juiz federal do estado americano do Havaí suspendeu a nova versão do decreto migratório do presidente Donald Trump, segundo informaram órgãos de mídia dos Estados Unidos nesta quarta-feira.

A medida de Trump proibia temporariamente a entrada no país de cidadãos provenientes de seis nações de maioria muçulmana e deveria entrar em vigor nesta quinta-feira. Mas o juiz Derrick K. Watson emitiu hoje uma decisão que bloqueia o decreto do chefe de Estado.

De acordo com a ação judicial movida pelo estado do Havaí, a ordem de Trump, que pretendia barrar a imigração de pessoas vindas de Somália, Sudão, Líbia, Síria, Iêmen e Irã, e congelar a concessão de asilos para refugiados, violaria a Primeira Emenda à Constituição, atrapalharia os negócios na ilha, sabotaria astentativas locais de encontrar talentos estrangeiros e causaria sérios danos ao turismo na região. (Sputnik Brasil)

Fonte: www.noticiasaominuto.com.br