Publicado em 29/03/2017 às 01:00 PM

Imigrante deportado quatro vezes é preso por esfaquear duas mulheres e abusar sexualmente de uma criança

Imigrante deportado quatro vezes é preso por esfaquear duas mulheres e abusar sexualmente de uma criança

Vladimir alega inocência Vladimir alega inocência

Um membro da conhecida gangue MS-13 que foi deportado dos Estados Unidos quatro vezes e é originalmente de El Salvador se declarou inocente na quinta-feira (23) por apunhalar duas mulheres e abusar sexualmente de uma menina de dois anos de idade em Long Island (New York).

Tommy Vladimir Alvarado-Ventura, de 31 anos, é acusado de abusado sexual de uma criança, tentativa de assassinato, agressão e posse ilegal de arma, segundo informou a polícia do condado de Nassau.

“Isto é, em 28 anos, provavelmente o ato criminoso mais hediondo que eu já vi, e realmente é nauseante”, disse o Comissário de Polícia do Condado, Thomas Krumpter.

O caso permanece sobinvestigação e o acusadocontinua preso.

Fonte: Brazilian Times