Publicado em 16/04/2017 às 08:00 AM

Homem foge da polícia e luta com policiais em Framingham

Quando chegou à delegacia, Victor Castro ainda gritou com os oficiais e tentou lutar com eles, de novo

Victor Castro lutou com os policiais e resistiu à prisão Victor Castro lutou com os policiais e resistiu à prisão

Um homem de Framingham (Massachusetts) fugiu da polícia na terça-feira e mais tarde lutou com eles, quando o perseguiram até seu apartamento na Irving Street. Segundo as autoridades, o Sargento Phil Hurton estava dirigindo na Irving Street quando avistou Victor Castro, 36 anos, ingeriu bebida alcóolica na calçada com um grupo de pessoas.

A acusação foi apresentada em um Tribunal Distrital de Framingham nesta quarta-feira, dia 12. Hurton relatou que ele parou sua viatura e começou a caminhar até Castro para interrogá-lo. "Eu o vi olhar em minha direção com uma expressão assustada em seu rosto", escreveu. "Eu disse a ele, venha aqui, quero falar com você. Ele começou a correr".

Castro correu até um complexo de apartamentos na Irving Street, entrou e trancou a porta. Vários oficiais foram para o local para dar apoio, e outro residente disse que Castro morava na unidade número cinco. Quando os oficiais forçaram a porta para abrir, descobriram que era a unidade errada. "Castro vive no número sete, e abriu a porta para os oficiais", disse Hurton.

Os oficiais disseram a Castro que ele estava preso e ele entrou em uma posição de combate e começou a lutar com Hurton e os outros policiais, caindo na cama de Castro. Castro fechou os braços sob seu corpo e os oficiais não puderam dizer se ele estava tentando pegar uma arma.

Um oficial atingiu Castro com um Taser, enquanto outro usou um bastão para puxar o braço dele e separar do corpo.

Na delegacia, Castro continuou a lutar com os oficiais.

"Ele começou a gritar, batendo no peito e gesticulando loucamente", disse Hurton.

A polícia acusou Castro de agressão, lesão corporal, resistência à prisão, conduta desordeira e violação de uma lei municipal.

Castro foi libertado sem fiança depois de seu julgamento, na quarta-feira. Ele deve voltar ao tribunal no próximo mês para uma conferência pré-julgamento.

Fonte: Brazilian Times