Publicado em 19/04/2017 às 08:19 AM

Protegido pelo DACA é deportado

O jovem de 23 anos de idade tinha permissão para trabalhar e viver nos Estados Unidos, sob o programa que foi introduzido em 2012 para proteger as pessoas de serem deportadas.

Montes era protegido pelo DACA Montes era protegido pelo DACA

Um homem foi enviado para o México em um caso que os ativistas dizem que se trata da primeira deportação de alguém que fazia parte de um programa para proteger as crianças que chegaram aos Estados Unidos quando ainda era crianças.
O National Immigration Law Center processou o Governo federal, na terça-feira (18), em San Diego (California, para obter registros sobre Juan Manuel Montes, que foi detido pela Patrulha de Fronteira, em Fevereiro, na cidade de Calexico.
O grupo de ativistas diz que o jovem de 23 anos de idade tinha permissão para trabalhar e viver nos Estados Unidos, sob o programa que foi introduzido em 2012 para proteger as pessoas de serem deportadas. Mais de 750 mil imigrantes, conhecidas como "Dreamers", receberam status de proteção através do Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA).
Em sua campanha presidencial, Donald Trump indicou que deportaria qualquer um que estivesse ilegal país. Mas ele suavizou o tom pouco depois de assumir o cargo, dizendo os que Dreamers "não deveria se preocupar".
Montes foi preso em fevereiro, quando não tinha identificação com foto e deportado três horas depois, de acordo com informações divulgadas na mídia local. Segundo o USA Today, o imigrante chegou aos EUA, trazido do México, quando tinha 9 anos de idade.
O U.S. Customs and Border Protection (CBP) não quis comentar o caso. Os Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA também não responderam aos chamados da imprensa.

Fonte: Brazilian Times