Publicado em 07/05/2017 às 08:00 AM

Paixão por duas rodas une brasileiros

Paixão por duas rodas une brasileiros

Passeio na route 66 nos EUA Passeio na route 66 nos EUA

Quem nunca fez uma viagem de moto,não sabe o encanto de conhecer paisagens fantásticas, lugares e culturas diferentes. Mais do que uma simples aventura, é uma experiência única, medida pela emoção, reunindo quem não se conhecia, fazendo amizades e parcerias. Não importa a marca de sua moto, tenho certeza que a sensação de liberdade será sua companhia.

Mas existe a “mãe icônica” de todas as motos, que deixará uma marca registrada em cada aventura. Para os amantes da Harley Davidson, o passeio é completo por cima dessas duas rodas. E ninguém melhor do que, além da coincidência do nome, conhece muito sobre moto-turismo. Ele é fundador e proprietário da HT Moto Turismo, única agência autorizada Harley Davidson da América do Sul.

Harley Alberto Engers é seu nome de batismo. Nasceu na cidade Marcelino Ramos, (Rio Grande do Sul), no dia 8 de agosto de 1962. Acompanhe uma entrevista feita com ele pelo jornal Brazilian Times.

BT- Como surgiu a ideia por MotoTurismo, quando e como tudo começou?

HT- Aos 19 anos, em 1984, fui morar em Daytona Beach, FL, buscando realizar um sonho, fazer aviação. Logo descobri que custos tornavam este sonho bem difícil de realizar. Após um teste vocacional, me foi sugerido a área do Turismo. Após quatro anos, me formei em Hotelaria e Turismo em Daytona Beach, onde acontecetodos os anoso maior encontro de motos do mundo. Eu já era, desde muito cedo, um fã das motos. Pude participar todos os anos em que estive lá e fiquei cada vez mais apaixonado por este mundo. Após o meu retorno ao Brasil e trabalhar com intercâmbio por 11 anos, iniciei as viagens de moto em 1997. Já são 20 anos neste mercado maravilhoso, e desde 2013, a HT Moto Turismo é uma HDATO (Harley-Davidson Authorized Tour Operator). Existem somente 16 agências autorizadas H-D no mundo e nós somos os únicos da América do Sul. Percebendo uma necessidade de atender tambêm a motociclistas de outras marcas e em 2014 abri outra empresa, Multitours Moto Turismo.

BT- O seu nome tem algum vínculo com a marca Harley Davidson?

HT- Quando minha mãe estava grávida, eu era o terceiro, uma tia perguntou se havia escolhido o nome. Minha mãe disse não, enquanto lavava a louça. A tia disse "Harley", minha mãe gostou e disse, anota ali. Anos mais tarde, aos meus 11 anos, já pilotava e tinha verdadeira paixão por motos. Foi quando tive a curiosidade de saber de minha tia, se havia alguma ligação. Para minha surpresa, ela disse que havia lido um livro muito interessante, no qual o personagem principal se chamava Harley Davidson. Então a escolha do nome foi um acaso, no qual o destino uniu perfeitamente minha vocação e paixão.

BT- E como funciona esse roteiro, ida e volta?

HT- Daytona Bike Week é um encontro anual onde reúne cerca de meio milhão de motos. Começa numa sexta e termina no domingoda outra semana. Esse evento acontece na cidade de Daytona Beach e é uma festa que agrada toda a família. O que fazemos é o seguinte: elaboramos um roteiro pela Flórida, cerca de 1700 km ao todo, a partir de Orlando.Fazemos um belo tour pelo estado, vamos aFort Myers,Everglades, Key West, e Miami Beach antes de chegar em Daytona Beach.

BT- As motos são alugadas ou cada participante tem sua própria?

HT- Sim. Todas as motos são alugadas por lojas autorizadas H-D. São usadas as com baixa quilometragem, garantindo que meu cliente tenha uma viagem com conforto e dando-lhe a oportunidade de pilotar uma moto do ano.

BT- Comoéplanejado o roteiro e qual o tipo de segurança oferecido?

HT- Primeiro lugar: para onde vamos?Eu estudo todos os lugares interessantes para planejar um roteiro, vejo seus atrativos e o que a região oferece de gastronomia, lazer e compras. Me preocupo também quanto tempo ficamos na estrada. Vou a campo, planejo tudo, na volta finalizo o roteiro. Entro em contato com as lojas que estão no caminho para que possam nos receber, pois estaremos em número de 30 a 40 pessoas. Já tenho pontuado os postos de combustíveis onde vamos abastecer, lugar para o almoço/lanche. Rodamos em formação, como um trem, na frente vai o guia numa van de 7 lugares. Porque essa van? Para caso de um carona ou até mesmo um piloto precise descansar ou não esteja se sentindo bem, possa fazer parte da viagem descansando.A moto do mesmo é colocada no caminhão de apoio. Seguindo a van vem as motos em formação e encerrando a fila, o caminhão com as bagagens e onde há também uma moto reserva. Todos os membros da equipe têm o curso de primeiros-socorros aplicado pela Cruz Vermelha e em alguns momentos o motorista que viaja conosco é socorrista dos bombeiros.

BT-Você disse sobre uma parceria feita aqui nos EUA. Conte-nos sobre isso.

HT- Através de amigos em comum, eu conheci o Nivaldo Guedes alguns anos atrás e tivemos o prazer de viajar juntos, fazendo turismo sobre duas rodas. Nossa amizade foi se tornando extensiva e fui descobrindo que eu tinha uma quase alma gêmea no quesito amor por motocicletas.Um cara inteligente, cheio de vida, amante da natureza e que tinha tudo que eu procurava em termos de parceria. Através de sua assessoria, estamos trazendo a HT Motor Turismo para a América do Norte, alcançando não só os brasileiros, mas também norte-americanos, hispanos, portugueses, etc.Temos uma estrutura para oferecer melhor preço, confiança, segurança e muitos passeios, não só na Terra do Tio Sam e Brasil, mas por diversos países. Posso concluir que somos uma grande família sobre duas rodas!

Para mais informações

Nivaldo Guedes & PM Travel

774-836-0169 / 617- 387- 0100

Fonte: Stael De Melo