Publicado em 08/05/2017 às 02:00 PM

Brasileiro é eleito quinto melhor jovem estrangeiro do beisebol por liga dos EUA

Brasileiro é eleito quinto melhor jovem estrangeiro do beisebol por liga dos EUA

Em exibição nos Estados Unidos, Pardinho se destaca e impressiona olheiros Em exibição nos Estados Unidos, Pardinho se destaca e impressiona olheiros

Eric Pardinho, jovem atleta brasileiro de apenas 16 anos, apareceu em quinto lugar em uma lista com os 30 melhores prospectos internacionais de beisebol, publicada pelo site oficial da Major League Baseball (a liga norte-americana da modalidade), na última sexta-feira (04).

Ele chama a atenção dos olheiros com seus arremessos que chegam a 150km/h. O jovem, ainda no ano passado, com 15 anos, foi convocado para defender a seleção principal do Brasil no torneio eliminatório para o World Baseball Classic - o mundial de beisebol, vencido pelos Estados Unidos em março deste ano.

Na ocasião, Eric Pardinho jogou uma entrada contra a seleção do Paquistão e eliminou dois adversários por "strikeout" ao atingir 94 milhas por hora em um de seus arremessos, cerca de 150km/h.

Curiosamente, logo após de entrar no jogo, que terminou com vitória brasileira po 10x0, surgiram na arquibancada cerca de 20 pistolas de medição de velocidade apontadas para o garoto. Soube-se que se tratavam de olheiros interessados e que gostariam de saber mais sobre o atleta brasileiro.

Segundo Jesse Sanchez, colunista da MLB.com (site oficial da liga), Pardinho é o único arremessador entre os 10 melhores prospectos, pois atinge em seus lançamentos velocidades iguais aos dos profissionais, enquanto atletas da mesma idade alcançam entre 80 e 90 milhas.

“Eric é um garoto muito especial, mesmo com pouca idade ele tem desempenho semelhante ao de profissionais e ótimo equilíbrio físico e mental. Com certeza tem grandes chances de chegar às grandes ligas assim como outros garotos que vem se destacando na academia em Ibiúna” afirma Thiago Caldeira, técnico de arremessos da seleção brasileira de beisebol e scout da MLB no Brasil.

Fonte: Brazilian Times