Publicado em 19/05/2017 às 04:00 PM

Imigrante deportado em 2009, é acusado de envolvimento em três tiroteios no Texas

Imigrante deportado em 2009, é acusado de envolvimento em três tiroteios no Texas

O imigrante está envolvido em outros tiroteios O imigrante está envolvido em outros tiroteios

Um imigrante criminoso deportado anteriormente está enfrentando acusações de agressão depois de estar vinculado a um tiroteio na área de Phoenix (Texas), envolvendo o motorista de uma limousine. De acordo com as autoridades, Zhair Zamora-Sepulveda, de 29 anos, teria atirado em um motorista de limousine no Condado de Maricopa County.

O sargento da polícia, Alan Pfohl, disse que o imigrante e sua namorada alugaram uma limousine branca na noite do tiroteio para ir à uma festa. Quando deixou o casal em casa, o motorista lembrou-se que eles tinham pago pelo veículo até meia noite. Como já se passava do horário combinado, o motorista pediu “dinheiro adicional”.

Neste momento, Zamora-Sepulveda entrou em sua casa e saiu segurando uma arma e começou a atirar na direção do condutor, acertando dois tiros em sua perna. Depois que a polícia colocou Zamora-Sepulveda sob custódia, descobriu-se que ele tinha envolvimento com outros dois tiroteios, um dos quais ele admitiu.

Em fevereiro de 2013, Zamora-Sepúlveda atirou no estômago de uma vítima, de acordo com a polícia, e em 2011, o imigrante indocumentado se envolveu em um tiroteio do lado de fora de sua casa.

Zamora-Sepulveda, no entanto, nunca deveria estar nos Estados Unidos, pois ele foi deportado em 2009 depois de ter sido condenado por má conduta e porte ilegal de uma arma de fogo. Algum tempo depois de sua deportação e 2011, no entanto, ele atravessou a fronteira para os EUA.

Fonte: Brazilian Times